Alunos da oficina de fotografia fizeram mais de 100 fotos para registrar a cultura de Ielmo Marinho

O Projeto

O projeto Semeando Cultura consiste na realização de uma temporada de oficinas (rádio, vídeo, fotografia e literatura de cordel) , envolvendo diretamente cerca de 120 jovens e adultos em cidades do interior, fornecendo uma capacitação técnica e contribuindo para um resgate da cultura e uma busca pela identidade local. As técnicas de cada oficina enfocam a tradição cultural do município. No encerramento do projeto será realizado um festival de cultura com exposição de fotografias dos alunos, a distribuição de cordéis, apresentação de artistas locais, além da exibição de um vídeo-documentário produzido durante o projeto.

Ielmo Marinho

Festival Semeando Cultura encerra atividades do Projeto em Ielmo Marinho

Ielmo Marinho

A localidade de paisagem agradavél, boa para a produção agrícola e adequada para pecuária, chamada de Poço Limpo, desde cedo experimentava sinais de progresso.

Com terras boas para o gado e para o plantio, Poço Limpo, às margens do Rio Potengi, mantinha uma atvidade interna, com muita fartura, festividades e crescimento, no final do século XIX e no início do século XX. Segundo relata Ferreira Nobre, em 1877 Poço Limpo era, verdadeiramente, um povoado importante.

 

Em seguida, no ano de 1943, a povoação de Poço Limpo foi vinculada ao município de São Paulo do Potengi.

 

Vinte anos se passaram e em 27 de agosto de 1963, através da Lei número 2.909, o povoado desmembrou-se de São Paulo do Potengi e tornou-se o novo município de Ielmo Marinho.

 

A decisão de escolher o nome de Ielmo Marinho, vem a ser uma homenagem a um ilustre filho da terra, muito querido na localidade, que durante muitos anos dedicou-se à comunidade, prestando serviços de assistência social.

 

Ielmo Marinho
Ielmo Marinho

Registrar a Cultura em Foto

Os alunos da Oficina de Rádio do Projeto Semeando Cultura tiveram a oportunidade de produzir e apresentar um programa de váriedades para a FM Esperança de Ielmo Marinho no domingo 05 de junho.

 

O programa intitulado "Semeando Cultura" começou a ser produzido no sábado (04), durante as aulas teóricas, onde os alunos da oficina ao mesmo tempo que adquiriam o conhecimento teórico, criaram os quadros e começaram a escrever os roteiros.

 

No domingo de manhã, com os roteiros prontos, a turma começou os ensaions e por volta das duas da tarde do domingo, toda equipe caminhou até a Rádio Esperança FM, onde apresentaram durante cerca de 40 minutos, um programa cheio de música, e informações sobre a cultura local, como quadro de história, culinária e até entrevista com a artesã Fátima Paixão.

 

Aproveite para conhecer um pouco da cultura e da história de Ielmo Marinho no programa Semeando Cultura:

08/07/2011 - Aconteceu nesta última sexta-feira, 08, no município de Ielmo Marinho o I Festival Semeando Cultura. O evento contou com uma grande participação dos moradores do Ielmo Marinho, que lotou a sede do Peti, além de autoridades municipais. 

 

Como resultado das oficinas do projeto, foram expostas as fotografias, exibido o vídeo sobre a cultura do município, e distribuídos folhetos de cordéis produzidos pelos alunos. Ainda apresentações de artistas da cultura popular do município como o sanfoneiro Seu Julião e a dupla de emboladores de coco Maçã e Maturi que fizeram a festa, além da apresentação da banda de música de Ielmo Marinho, e do Pastoril formado pela turma do pró-jovem municipal. Para encerrar a noite, a quadrilha junina fez a festa.

Cerca de 15 jovens participaram nos dias 11 e 12 de junho da oficina de Fotografia do Projeto Semeando Cultura. Durante as aulas, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a linguagem fotográfica e registrar um pouco da cultura da cidade de Ielmo Marinho através da fotografia.

 

A oficina começou no sábado, e toda teoria foi passada e fixada através de atividades na própria sala de aula. Já à tarde, os alunos se dividiram em grupo e começaram a colocar em prática o aprendizado adquirido, realizando uma expedição pela cidade para registrar as belezas naturais e aspectos da cultura local.

 

No domingo foi realizado o segundo dia de prática, com uma nova expedição fotográfica, agora pelo centro da cidade para registrar monumentos históricos e característicos do município, além de atividades como artesanato e comércio popular. À tarde, o grupo teve oportunidade de ver todas as fotos e fizeram uma auto avaliação levando em consideração os aspectos culturais e todo aprendizado da oficina.

 

Todas as atividades foram acompanhadas por instrutores do Coletivo Caminhos Comunicação & Cultura que orientavam os iniciantes com relação à linguagem fotográfica e à percepção cultural. Para Alexandre Santos, facilitador da oficina, “essa é uma oportunidade de registrar a cultura local, podendo divulga-la para o mundo, além de a comunidade ter oportunidade de receber conhecimento técnico de graça”.

 

A Oficina de Fotografia foi a última do Projeto Semeando Cultura 2011 realizada em Ielmo Marinho. A próxima atividade do projeto será o Festival Semeando Cultura com previsão para acontecer dia 08 de julho às 17h na sede do PETI no município.

 

 

 

Aprendendo rádio na prática

Realização

Apoio

Patrocínio

Cultura em Vídeo

Oficina capacitou a comunidade de Ielmo Marinho a registrar, na prática, a cultura local

Nos dias 14 e 15 de maio, a comunidade de Ielmo Marinho recebeu a oficina de vídeo do projeto Semeando Cultura. Nessa segunda etapa do projeto, os participantes tiveram oportunidade de conhecer as técnicas de produção de vídeo e juntos, gravaram imagens para um documentário que mostrará parte da cultura do município.

 

Para Alexandre Santos, responsável pela oficina, a “turma estava bem envolvida, empolgada e interessada em aprender. Nosso objetivo principal foi alcançado, que era de despertar para a compreensão de cultura e produção em audiovisual”, destacou.

Cerca de 16 pessoas participaram da oficina  que contou com uma inovação: Na manhã do domingo os alunos assistiram o que foi gravado no sábado à tarde e além de discutir, indicaram o que seria interessante para o vídeo, sendo assim, participaram um pouco da pós-produção. 

O vídeo será apresentado durante o Festival Semeando Cultura que será realizado no mês de Junho na cidade de Ielmo Marinho.

A próxima etapa será a oficina de rádio nos dias 04 e 05 de junho de 2011. Inscrições na Casa das Família. Vagas Limitadas. 

 

Veja o vídeo:

 

Oficina de Cordel abre o Semeando Cultura

Jeferson Rocha

A cidade de Ielmo Marinho recebeu no sábado (07) a caravana do projeto Semeando Cultura com a realização da oficina de Cordel. A atividade aconteceu na sede do PETI e foi ministrada pelo professor e cordelista José Acaci que ensinou aos jovens da comunidade, toda a técnica da produção da poesia de cordel.

Durante a oficina, os alunos também fizeram resgate da cultura local e escreveram em forma de verso, as características culturais do município, e todo o trabalho vai ser reunido num livreto de cordel que será distribuído na comunidade no encerramento do projeto -mês de junho.

 

PARTICIPAÇÃO
Os artistas locais “Maçã e Maturi” também participaram da oficina, apresentando seu talento para o público local, além de aproveitar as aulas do experiente Acaci para ganhar mais conhecimento e aprimorar ainda mais o trabalho da dupla.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VÍDEO 
A próxima oficina do projeto será de Vídeo e acontecerá nos dias 14 e 15 de maio também na sede do PETI. As inscrições podem ser feitas durante essa semana no CRAS/Casa das Famílias, até o dia 13/05.

Projeto semeia cultura no município de Ielmo Marinho

Estão abertas as inscrições para as atividades do projeto Semeando Cultura no município de Ielmo Marinho, a 54 km de Natal. O projeto, que é realizado com atividades de capacitação nas áreas de fotografia, comunicação e audiovisual, inscreve até a próxima quinta-feira, cinco de maio, na sede do Pró-Jovem do município.

 

No município de Ielmo Marinho, que é conhecido pela importância do cultivo do abacaxi, as atividades culturais serão semeadas através de oficinas de fotografia, vídeo, rádio e literatura de cordel. As aulas teóricas e práticas são abertas à participação de jovens, adultos e idosos. Serão oferecidas 25 vagas para cada oficina.

 

A primeira oficina será de Literatura de Cordel, nos dias 7 e 8 de maio.  Na oficina, os participantes farão um resgate cultural, que será traduzido em versos com a produção de um folheto coletivo e um sarau poético aberto a comunidade.

 

De acordo com a coordenadora do projeto, Érica Lima, nas oficinas além do conhecimento prático, serão repassadas informações no sentido de valorizar a cultura local e regional. “Vamos promover um importante intercâmbio entre a geração mais jovem e a mais idosa, valorizando e reconhecendo a importância de todos para construção de uma comunidade mais forte, e tudo isso proporcionado através da cultura”, afirma.

 

OFICINAS – Na oficina de fotografia será realizado um mapeamento da cultura local pelos alunos através de fotos, que ao final serão reunidas em uma exposição. Na oficina de vídeo, os alunos vão aprender na prática como produzir um vídeo com os aspectos culturais da comunidade. E para encerrar, a oficina de rádio, contará com a produção de spots culturais e um programa radiofônico ao vivo na Rádio Comunitária de Ielmo Marinho, em que os alunos vão adquirir experiência na produção de programas ao vivo.

 

O projeto tem o patrocínio do Banco do Nordeste, através do Programa BNB de Cultura, e visa fortalecer a cultura local, proporcionando um ciclo de interações na comunidade, além de divulgar e democratizar o acesso aos meios de produção cultural. Coordenada pelo Grupo Caminhos Comunicação & Cultura, a iniciativa conta também com o apoio da Prefeitura de Ielmo Marinho.

 

Além da temporada de oficinas, os produtores vão realizar também um festival de cultura, com exposição do material produzido e com a apresentação de artistas locais. É importante ressaltar que os participantes das oficinas também vão atuar na organização do festival, como forma de aprender ainda um pouco sobre a produção de eventos.

 

Mais informações podem ser obtidas através do site www.olharcultural.com e pelos telefones: 9138-7111 (Dayana Oliveira) e 8805-5468/9176-5095 (Érica Lima).